ComportamentoInspiraçãoJulices“Não é sobre quantas vezes você caiu e foi derrotado”

http://www.meiojulia.com/wp-content/uploads/2019/02/lady-gaga-1280x711.png

Isso tudo é trabalho duro, eu trabalhei duro por muito tempo, e não é sobre vencer, é sobre não desistir. Se você tem um sonho, lute por ele. Existe uma disciplina para a paixão, e não é sobre quantas vezes você é rejeitado, ou quantas vezes você caiu e foi derrotado, é sobre quantas vezes você levantou com coragem e seguiu em frente

– Lady Gaga

É bem provável que você tenha visto essa frase e você tenha visto todo o discurso. Mas por via das dúvidas, esse foi o discurso da Lady Gaga quando ganhou o Oscar pela sua música “Shallow” para o filme Nasce Uma Estrela. Ela estava completamente emocionada e realizada com o prêmio, e disse essas palavras, além de agradecer algumas pessoas.

A questão é o porque de eu estar trazendo esse discurso pra cá. O filme foi realmente algo muito impactante para mim. A música Shallow, toca na alma de qualquer pessoa que entende seu significado. E também, o poder da voz de Lady Gaga não falha nunca.

Mas esse discurso em si me causou arrepios dos pés à cabeça. O olho chegou a se encher de lágrimas de inspiração. É como se Lady Gaga estivesse falando comigo, no momento certo e na situação certa. Ela praticamente cochichou isso pra mim. E se eu pudesse resumir a partir de hoje a vida que tenho e que quero ter, eu simplesmente citaria o que ela disse.

Então vamos falar sobre sonhos!

Eu sou muito sonhadora, muito. Sou acostumada a fazer listinhas de coisas que quero conseguir fazer, ter ou ver, etc. desde mais nova. Mesmo que eu não realizasse tudo, só a prática de ter essas metas desde mais nova me fizeram ter esse hábito de sonhar muito e querer conquistar várias coisas.

Sou de uma família que vive apertada, não tem muito dinheiro rendendo pra viajar. Nunca entrei no mar – fui quando tinha 4-5 anos, brinquei na areia e só. Nunca nem vi um aeroporto até hoje, quem dirá andar de avião. E mesmo não tendo tantos feitos na vida, eu acredito muito que tô num bom caminho atrás dos meus sonhos e quero que outras pessoas também acreditem.

Se alguém da minha família age com sua costumeira limitação alienada dizendo que eu (ou este alguém) nunca vou poder ir por exemplo na Disney, ou só apenas ir para um outro país, porque somos pobres, não importava a idade, eu nunca achei certo dizer isso. Nem para uma criança, nem para um adulto. Nem para convencer a eles mesmos.

Eu cresci com a crença de que ao se limitar dizendo não conseguir algo porque é pobre, você está dando um destino para a sua vida. Está enfiando em si um mindset de mediocridade, de comodismo. Está aceitando que todos os dias tem que ser iguais e que você só precisa e pode fazer o que seu financeiro atual permite. E eu acredito que quanto menos feliz a pessoa está com seu trabalho ou sua vida, maior as chances de ela falar isso. Além de se acomodar e viver de trabalhar e reclamar da pobre vida que tem. “Óh céus, óh sofrimento!!”.

Então apesar de tudo poder ser ou não difícil de se conseguir, eu sempre tenho o mindset de que vou conseguir essas coisas me esforçando, correndo atrás. Ficar quieto num canto aceitando a vida como está e ainda pior, espalhando essa aceitação para outras pessoas é doloroso. Não seja essa pessoa.

Ás vezes dá aquela agonia de não ter o coturno lindo que a influenciadora que eu sigo tem, ou de não ter condições de gastar dinheiro ou ter coisas do jeito que uma outra pessoa tem. Mas passa rápido quando eu me lembro que a minha realidade não se compara com a realidade de mais ninguém. Que cada um tem suas peculiaridades, dá os seus passos e vive em seu caminho. Então eu vou chegar lá. Mas tem que ser com meus pés.

Resumindo: hoje eu acredito plenamente no ato de correr atrás pra conseguir as coisas, e que cada um tem a sua jornada. Sigo tendo sempre como referência meus sonhos e objetivos e apesar de ter tropeços e dias ruins, e pessoas que querem me fazer acreditar que eu não sou capaz, quem pode dizer e provar isso sou só eu. O mesmo vale pra você.


Como a própria Lady Gaga disse, todo trabalho dela foi duro e exige muita disciplina.

Então eu acredito muito em sonhos e hoje me disciplino para correr atrás deles no máximo que eu puder, todos os dias. E esse é o tipo de coisa que eu tento mostrar para todos ao meu redor, e motivar essas pessoas a terem sonhos também. Porque sonho não é feito só pra almejar ele. Essas coisas estão aí pra gente realizar, e dar espaço pra outros sonhos e objetivos.

Mas não é só sobre ter sonhos e ter objetivos, ambições, etc. É sobre aprender que nada vai vir de bandeja pra gente e a gente precisa sim ir atrás das coisas. Não adianta de nada a gente sonhar em viajar pra um país se não toma atitude de aprender sobre como economizar para um dia conseguir isso. E não importa o tempo, e quanto você pode poupar hoje, se você pode guardar um real, guarde um real. Só comece logo a fazer isso!

Existe uma certa teimosia e relutância nas pessoas que vivem em suas zonas de conforto, eu sei. Mas é aí que tá: Se você tem objetivos e nada vai ser entregue na sua mão, não vai ser confortável correr atrás. Não vai ter muita ajuda, a não ser que tenham pessoas correndo atrás do mesmo junto com você. E você tem que aprender isso: Vai ser difícil, pode demorar e pode ser um caminho que você tem que seguir sozinho.

Mas acontece que vale a pena.

Eu aprendi muito a valorizar não só a conquista, mas também o caminho que a gente percorre indo atrás dessa conquista. Porque não é sobre alcançar o que a gente quer apenas mas principalmente sobre a trajetória que a gente faz. Os aprendizados que você teve, valorizar o quanto você batalhou, e entender o quanto amadureceu seguindo nesse caminho.

Então se você tem um sonho, abraça ele, pega ele e bota no papel. Trace planos, metas, prazos, estude para saber em quanto tempo você deve fazer X coisa para conseguir Y e estar mais próximo desse sonho se realizar cada vez mais. Estude sobre educação financeira, para saber poupar, investir, valorizar seu dinheiro… Só não deixa de correr atrás dos seus sonhos. Não deixe eles morrerem.

Não se deixe frustrar com a procrastinação, pelo fato de você não ter feito nada hoje ou ontem pelos seus objetivos e sonhos, ou pela sua vida. Se perdoe por esses momentos e aprenda a se disciplinar para que aconteça cada vez menos até não acontecer mais.

E se uma hora cansar, lembre-se o porquê de você ter começado. Tire um tempo pra recuperar suas energias, e volte a todo vapor. Porque é uma coisa que só você quer então só você pode correr atrás. E o tempo não vai parar, com dias ruins ou bons. Também não vai parar quando você tiver medo da mudança ou medo do grande, medo de crescer, medo de agir. Então vai com medo mesmo, não se permita ficar estagnado.

Pode acontecer sim de você falhar no que está correndo atrás. Pode acontecer de você falhar várias vezes. Mas se você cai nove vezes, levante-se dez. E se te faltar forças, dá uma pausa, medite, deixe seus pensamentos fluírem. Não se puxe a ponto de destruir seu psicológico. Se dê recompensas pelos sacrifícios e esforços de todos os dias. E tudo vai ficar bem.

Caso você tenha dúvida de que é capaz, saiba que do fundo do meu coração, eu acredito em você. Mas você é a primeira pessoa que também tem que acreditar em você. E fazer por você. E se esforçar por você.

Esse post é um lembrete pra você e pra mim de que tudo que a gente quer a gente tem que correr atrás. E que quanto mais a gente enrola, mais demora para isso se cumprir. É pra motivar, botar a gente pra por tudo em prática. Pra gente fazer os objetivos e sonhos ganharem aquele check. Todos os dias. Continue sonhando, e batalhe pra realizá-los.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *