Resolvi que iria tentar melhorar meu hábito de leitura novamente. Depois de começar um blog, eu não deixei de ler. Só que faço maior leitura digital, de blogs, artigos, informações e notícias, do que os livros aqui de casa.

Não seria ruim que eu lesse apenas pela internet, mas é que os livros que estão parados na minha estante não vão se ler sozinhos, né?

Mas não só isso, eu gosto de ler. Eu gosto de mergulhar em universos fictícios e viver algumas histórias. Então me faria muita falta não ler, e estava me fazendo falta. Aproveitei que queria ler, pra usar como uma pausa de 20-30 minutos do meu trabalho que não para se eu não me controlar.

Então sem mais delongas, né?

Morte Súbita

Um livro bastante interessante, até então. Tem uma leitura e um enredo um pouco difícil de acompanhar – pra mim – principalmente pelo fato de que a história já começa de um jeito que a gente -julgando pela capa – acha que só veria no final.

Fora isso, conta sobre um contraste muito grande. É difícil de entender e acompanhar principalmente pelo fato de que, sendo bem honesta, a história é muito detalhada. J.K. Rowling, nesse livro, não poupou detalhes e informação, me surpreendendo. Diferentemente de como é a leitura dos livros de Harry Potter.

O Poder da Autorresponsabilidade

Surra na cara. Tapa de realidade. Te empurra no buraco da vida real e você cai feio lá no fundão dele.

Autorresponsabilidade: Uma coisa que todos nós devíamos ter. Não é tipo aquelas dicas de coisa essencial pro seu guarda-roupas. Utensílio de cozinha, ou uma série que todos deviam ver. É uma coisa que vem de dentro de você e que influencia como você vê a sua vida, controla, age, etc.

Esse livro me ajudou a cair na real – mais ainda – que tudo que acontece na minha vida (fora algumas coisinhas que não tem como controlar) são ou foram responsabilidade minha mudar. Desde a saúde até a situação financeira, psicológica, tudo. Repetindo: excluindo alguns casos que não tem como controlar.

Mas é com esse livro que eu acordei de vez pra perceber que só eu posso fazer o que eu tenho de fazer e esperar uma força divina ou a sorte da Mega Sena pra mudar a minha vida é uma idiotice. Quem muda o rumo da minha vida sou eu.

O Poder do Hábito

Eu já o li duas vezes e passando pela terceira vez em que eu leio algumas partes que eu mais gostei. O poder do hábito é um livro que todo mundo também deveria ler, tanto quanto o da autorresponsabilidade.

Ele ensina e mostra sobre como os hábitos fazem parte do nosso dia a dia, e que a gente deve mudar os maus e adquirir bons. Tem até esquemas de como definitivamente criar um hábito que você queira. Eu já prometi e vou tomar vergonha na cara e fazer um vídeo lá pro canal sobre esse livro porque é importantíssimo.

O Extraordinário

Comecei a ler, tô bem imatura para falar do livro ainda. Mas já ouvi falar tanto do filme e do livro, e se trata de um tema tão importante, forte, que eu realmente quis começar a ler ele também.

A Bíblia

Por curiosidade, por vontade de me positivar mais, para conhecer. Eu resolvi sempre que tiver um tiquinho de vontade, ler um pouco da bíblia. Não é por nenhum motivo religioso ou de precisão. É realmente por conhecimento e curiosidade. E tem sido ótimo ler. Mesmo eu não escolhendo nenhuma religião. Recomendo.

Dá pra perceber que eu enrolo e acumulo livros de vez em quando né? É porque, assim como música, livros dependem da minha vibe. Eu nem coloquei Game of Thrones na lista, porque eu tô tão decepcionada com a última temporada que minha vibe de GOT foi ao chão por muito tempo. Mas sim, esse livro também está aberto e em processo de leitura – faz tempo.

Mas eu acredito muito que ler faz bem pra gente. Pro nosso coração, pra nossa ignorância, pra imaginação, pra alma, pra calma, tudo. Por isso, aquele esforcinho pra ler um pouco não é mais do que obrigação.

E aí, que livros você anda lendo?

Compre os itens do post!

Write A Comment

Pin It