Não, o MJ não tá mudando de visual de novo, por isso o “flash”. Mas sim, eu tenho uma marca de design criativo agora.

(AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA)

Eu tô mais que feliz mesmo que a decisão tenha sido difícil. Falar sobre isso pra mim é uma faca de dois gumes e eu espero que tenha sido legal eu compartilhar isso com vocês. Eu vou dividir isso em tópicos para explicar exatamente o porque eu fiz, o que eu fiz e onde. Acho que o porquê vai ser mais importante ainda pra quem tem uma marca ou um blog e quer torná-lo mais profissional.

Inclusive, a partir de agora, eu já aceito pedidos de orçamento e serviços aqui pelo blog, o que é uma facilidade e tanto pra mim. Também foi uma das decisões que eu tomei, e todo tipo de design e conteúdo visual que você ver – exceto algumas fotos que você pode descobrir os créditos no disclaimer – é feito por mim.

Se você pedir nessa época, é bem provável que o serviço fique bem mais barato por ser a nível de portfólio. Isso quer dizer que eu dou desconto por estar preenchendo-o ainda e que não tenho tantos recursos visuais para você conhecer meu trabalho. Mas o branding do MJ e do CLS estão aí pra mostrar isso!

PORQUE REPENSAR O SEU BRANDING E ID VISUAL?

Passo importantíssimo: Eu resolvi mudar o meu branding porque eu precisava tornar o Meio Julia mais profissional. Não só isso, mas também precisava mostrar minha personalidade, minhas intenções, o que eu quero passar para os meus leitores, ali pelo meu conteúdo visual e tudo que eu faço no MJ. Isso é branding. Suas ações, sua voz, a imagem que você passa. Elas tem que ser coesas e com a cara do que você quer que as pessoas da sua marca.

E foi aí que eu decidi que era hora de abrir logo minha marca de design, a Creative Lilium Studio, e mesclar o branding das duas de uma maneira sutil. Você vai entender depois o porquê da mesclagem. Mas o mais importante é que isso era totalmente necessário, para minha rentabilidade e pela minha saúde e organização. Enrolei por tanto tempo, e na hora que eu tomei um impulso e me animei, parei de enrolar e usei esse ânimo como vantagem.

Em cerca de 3 dias mudei e/ou reformei tudo. Por isso o “flash”. Três fucking dias.

Se você quer tornar seu blog mais profissional, primeiro se pergunte se você passa a imagem certa. Se tem alguma coisa que você pode melhorar tanto visualmente quanto no que você espalha para as pessoas. Aliás, sempre tem o que melhorar, mas tem que ir acertando aos poucos, dando passos de formiguinha. O branding é muito importante porque é assim que as pessoas vão te ver, sentir, falar sobre você, etc.

A identidade visual faz parte do branding, mas não é ele. ID Visual é a sua logo, suas cores, o formato dos seus posts e das suas imagens, um detalhe ou outro no seu conteúdo, um filtro, etc. Sim, você precisa de cores específicas e constantes para ter uma identidade visual. Sim, você precisa de “uma logo” – mesmo que ela seja simples. Sim, quanto mais parecido, mais consistente você é.

Tá mas… E daí?

Consistência e identidade faz com que as pessoas comecem a reconhecer você. É muito normal pra mim ver um filtro avermelhado e lembrar da Aspyn Ovard. Eu vejo doodles e desenhos nas fotos e lembro da Adelaine Morin. A palavra “YAY” automaticamente me põe a pensar na Karol Pinheiro. Porquê? Porque elas vivem isso. Porque elas tem consistência nesses complementos. Porque o branding delas leva isso. Porque a identidade visual delas são assim. Um exemplo para empresas? Vermelho = Coca Cola. Café = Starbucks. Autoexplicativo. E olha que eu nem tomo café.

Invista seu tempo ou pouco a pouco um dinheirinho para criar um plano de branding e uma ID visual. Mas também invista muito seu tempo e criatividade em conteúdos legais, encontre alternativas gratuitas de editores de foto – caso não possa ter um Photoshop por exemplo – e edite suas fotos de modo parecido e com cores específicas sempre. Depois me conta se isso não faz diferença.

O QUE EU FIZ?

O MJ já tinha uma identidade visual bem legal. Sempre tive consistência – mesmo que mudei de cores algumas vezes até achar essa atual que é bem meu mood no momento. A logo é definitiva: Atemporal, não precisava mudá-la. Tanto que não mudei. Só dei uma complementadinha.

Só que eu não tinha um branding legal. Eu não tava passando a imagem que eu queria passar. Depois de muito estudo eu resolvi que tava mais que na hora de botar tudo em prática e agir como uma blogger profissional. Eu detesto saber que estava estagnada e quero mudar logo isso. Porque o MJ tá crescendo.

Então eu aproveitei a deixa de que estava terminando de planejar a marca da Creative Lilium e juntei tudo: Na verdade, “Lilium” significa Lírio em latim. Uma flor que eu tomei um certo carinho nos últimos meses. Através de uma epifania sinistra eu resolvi que o lírio seria meu branding total, incluindo o MJ e CLS, que são parte de mim e do meu trabalho igualmente. E aí nasceu, em um dia de muito suor as logomarcas e todo o trabalho feito à mão e depois vetorizado por mim. Que orgulhinho!

Em cima disso, planejei todo o resto: As cores, como serão todos os tipos de conteúdo visual em todas as redes e plataformas, etc. E nesse momento comecei a pensar em como eu vou espalhar o que eu realmente quero passar para meus leitores. Que é inspiração, crença nos sonhos e conteúdo qualificado. E um pouco de diversão e lifestyle, claro. Mas aquele era o foco.

Até mesmo como falar e o que falar é importante planejar. Porque tudo importa. A história que você conta, a foto que você postou, a interação que você fez… Tudo importa. E eu não vejo a hora de colocar tudo que planejei em prática. Se Deus quiser vem muito conteúdo bom por aí!

CONCLUSÃO

Esse post é meio conselho meio experiências mas tudo que eu quis foi contar como tudo aconteceu. Foi rápido pra mim porque eu já tinha meio caminho andado, mas não é um bicho de sete cabeças não. Se você quer tornar sua marca importante e destaque no mercado, ou se quer ter um blog profissional, você precisa se conhecer e conhecer seu blog. Vai ter que tirar um tempo enorme pra saber tudo que quer, suas intenções com o público e porque você faz o que faz por exemplo.

Todas essas coisas valem a pena, é o que eu posso dizer. Esse é mais um post onde eu termino falando que tudo isso pode e vai dar muito certo pra você se você quer. Basta parar de falar e começar a fazer!

Compartilhe esse post com seus amigos empreendedores!

Write A Comment

Pin It