diyblog

Conhecendo um pouco mais sobre Programa de Afiliados

Abril 18, 2018
Programas de Afiliados

As pessoas se enganam quando acham que devem se basear em apenas um marketing (ou programa) de afiliados e pronto. Os afiliados podem ser uma renda extra junto com outras maneiras de rentabilidade. E é bem possível que você consiga uma renda passiva com afiliados muito mais rápido e mais valorosa do que com anúncios no seu blog por exemplo.

Eu já fiz um post aqui no blog sobre várias formas de como deixar o seu blog rentável e ele é uma boa opção introdutória para ser lida. No mais, nós sabemos que uma das maneira que as pessoas mais focam, talvez erroneamente, são os anúncios. Aqueles como o do Google AdSense. Mas o problema é: Se você não tiver um movimento muito grande em seu blog, ele pode demorar anos para render os seus 100 dólares iniciais. O mesmo acontece com o YouTube. No começo, é uma luta.

Por isso, muita gente começou a procurar outras formas de fazer o blog ser rentável e isso realmente é mais lucrativo principalmente no começo. Hoje é muito comum que as pessoas usem produtos e conteúdo de afiliados para conseguir um dinheirinho a mais. Nós sabemos como é a preocupação de fazer com que o nosso blog se pague, né?

É muito comum ver outros blogs lá de fora rendendo horrores com programas de afiliados. Infelizmente, depois de muito observar por algumas circunstâncias, percebi que é mais fácil sim ganhar dinheiro por lá. Principalmente pelo fato de alguns programas de afiliados não terem se expandido tanto para cá. E pelo serviço de compra pela internet ainda não ser tão grande aqui quanto é lá fora, por exemplo.

Hoje eu quero reunir todos os programas de afiliados por aqui que eu já pesquisei sobre. Inclusos os que eu recomendo, os que eu acho ok, e os que eu andei estudando para ver se uso ou não. Mas todos serão opções que se encaixam na situação de provavelmente qualquer nicho de blogs e principalmente que dá pra você dar um jeitinho de usar eles.

AMAZON

Utilizo no momento. Os afiliados da Amazon são bastante práticos. Muita gente investe na Amazon, e obviamente você pode ter um lucro vindo desses investimentos se usar do melhor do seu conteúdo juntamente com os links de afiliados de lá.

A parte triste de lá para mim, é que nós só podemos utilizar produtos para vender nos afiliados que sejam da loja eletrônica do Brasil. Isso quer dizer que aquela almofada felpuda linda de lá que você poderia colocar como afiliados não vai ser possível ser. Isso tudo porque ainda não existe uma loja de decô da Amazon aqui. Claro, isso é só um exemplo. Mas hoje a Amazon já expandiu e começou a vender eletrônicos aqui nas lojas BR. YAY!

Apesar da limitação de produtos apenas da loja BR, eu ainda acho que vale o investimento. Pessoas que lêem blogs são bastante suscetíveis a gostar de ler livros também, certo?

LOMADEE

Afim de relacionar alguns links de lojas como Lojas Americanas ou Magazine Luiza em seu post? Lomadee é o afiliado que vai te ajudar com isso! Uma quantidade enorme de lojas está inclusa neste programa de afiliados, e não são só as brasileiras, mas esse é um diferencial.

Eu ando estudando muito a Lomadee e farei inúmeros testes, por isso, eu posso acabar deixando umas anotações aqui no futuro.

SHOPSTYLE COLLECTIVE

Um programa de afiliado que eu uso principalmente em posts de moda. Não são todos (porque eu tenho que inserir mesmo). Mas em muitos eu tenho e eles já me dão um tiquinho de resultado. Ele é um widget de certa forma, que eu posso utilizar naquele estilo de “Compre o post” por exemplo. Você monta e insere um slide onde você quiser com links de produtos (e suas imagens, preço) para que as pessoas comprem se se interessarem.

Ele é um pouco limitado, para mim, pelo fato de que as marcas “mais rentáveis/baratas” são Forever 21, GAP, Zara e H&M. Fora a Forever 21 e Zara é bem incomum eu ver pessoas comprarem roupas das outras lojas por aqui, no Brasil. Mesmo que no site. Mas eu ainda consigo me virar, porque é o que vem a calhar e ele é um programa muito legal.

REWARD STYLE

É meu sonho da vida fazer parte desse programa. Quero batalhar para que o Meio Julia cresça o bastante para que eu possa me encaixar com os requisitos para participar. Semelhante ao Collective Style (acima), o Reward Style é mais completo, mais variado, mais conhecido e principalmente anda expandindo de maneira muito importante. É importante porque você percebe que o programa quer trabalhar com os influenciadores e criadores de conteúdo. Que isso é algo sério. Não que o Collective não seja sério, obviamente.

É bastante comum vocês perceberem a expansão do RS pelos posts de parceiros que usam a marca “Like to Know It”. Que é uma expansão da Reward Style que eu sei bem menos do que gostaria. Um programa realmente curioso e próspero. Um dia eu chego lá!

AWIN (ZANOX)

Funciona do mesmo modo que o Lomadee. Com a diferença de ter muito mais marcas de internacionais em suas opções. Você precisa previamente se inscrever para ver se preenche os requisitos de uma loja/marca que for anunciar e ser afiliado antes. Mas normalmente é muito raro alguém recusar (pelo menos comigo) e o sistema é bem ok.

BLUEHOST

Um exemplo dentre muitas empresas de hospedagens que te dão a oportunidade de virar afiliado. Isso é uma oportunidade para pessoas que como eu, fazem conteúdo para pessoas que criam sites. Você ganha uma pequena comissão em cima de cada nova aquisição de hospedagem que for feita diretamente dos seus links.

ZAFUL

Um afiliado de moda! Zaful é uma loja que expandiu e liberou o cadastro de afiliados. Você tem todo um painel, como na Amazon, para mostrar seus ganhos, quanto você vai ganhar como comissão, etc. Existem outros como Zaful, apesar de que, pelo que eu lembre, ele é o mais popular. Como por exemplo, a Romwe.

DICAS IMPORTANTES

Não tenha medo de usar mais de um programa de afiliado. Desde que você tenha senso do limite de links que seria bom colocar. Você pode sim colocar links em vários posts. Mas tente não sobrecarregar seus leitores. É para ser um ganho passivo, contínuo, sutil. Dedique-se a praticar essa sutileza e já já você pega o jeito.

Faça posts especiais só com links de afiliados de vez em quando. Isso deixará sim óbvio que são links para que você ganhe uma comissão dentro da compra dos seus leitores, mas desde que você faça um conteúdo legal, isso não importa. Se você faz um post de “5 itens de papelaria indispensáveis para mim” e os 5 são links afiliados, ótimo. Explique porque eles são indispensáveis, faça a sua venda. Mas, também faça um conteúdo que todo mundo possa consumir desde que se interesse!

Eu espero que esse post tenha sido bem útil para vocês. A gente sabe quantas pessoas estão abrindo mão de coisas que não gostam para vir seguir o que amam na internet. E os afiliados são parte importante desse crescimento. No comecinho principalmente, a gente tá de mãos atadas e tem que depender do nosso bom conteúdo, da sorte e de muuuuito esforço. Então nada melhor do que complementar um pouco esses modos de ganhar sobre esse esforço todo né?

Você já conhecia algum desses afiliados? Me conta o que achou do post!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Perfil

Aqui vai uma descrição massa sobre mim ne. Bem massa mesmo. Eu não sei porque, mas eu só falo "massa" quando eu to fazendo testes. Não uso essa palavra muito não... Na vida mesmo, não.


Anuncie Banner Sidebar
butlariz