diyblog5 técnicas de SEO para você começar a aplicar em seu blog

http://www.meiojulia.com/wp-content/uploads/2017/06/tecnicas-seo-como-fazer-seo-683x1024.png

Uma das coisas mais importantes para melhorar a visibilidade de um site/blog é o SEO. Muito do que você faz e sobre como cria seu conteúdo reflete no ranqueamento que você terá nas ferramentas de pesquisa, principalmente Google. Eu já falei sobre o que é o SEO e sua importância aqui nos posts do DIYBlog. Dessa vez, o post é mais para botar em prática o aprendizado sobre SEO.

O SEO é importante para o seu blog, principalmente se você quer que seu conteúdo apareça como resultado nas pesquisas das pessoas. Tecnicamente, pode sempre aparecer o seu blog nas pesquisas. Mas o SEO ajuda a aumentar seu ranqueamento, o que quer dizer, ficar mais próximo da primeira página e mais próximo dos primeiros da lista de resultados.

Quando falamos sobre SEO, a prática deve ser constante. Mesmo adquirindo um pouco sobre como aplicar SEO aqui neste post, saiba que é o tipo de otimização diária que você deve fazer. Futuramente eu quero explicar como você pode praticar e aplicar o SEO dentro dos seus posts sempre que os faz. Mas para agora, eu resolvi passar o que eu acho que seja mais essencial para você começar a aplicá-lo.

1. SEARCH CONSOLE

É aquele tipo de coisa que se você não estuda e pesquisa, não iria ficar sabendo, assim como eu não saberia se não pesquisasse. Cadastrar suas urls no Search Console do Google é muito importante. Isso vai fazer com que o Google aceite que seu site é relevante para entrar como resultados nas pesquisas de certa forma, e lógico, aquela oportunidade – com os seus esforços – de ficar em primeiro lugar, na primeira página.

O Search Console também é uma ferramenta para você e seu domínio. Hoje em dia existe todo um painel para você cuidar dele, e inclusive você recebe dicas. Eu já fiz tudo que recebi de dica para melhorar a forma como as ferramentas de pesquisa veem meu site. Ele é incrível pra isso e vale passar um tempinho olhando tudo que eles recomendam que você faça.

2. META DESCRIÇÃO

Uma coisa que você deve seriamente começar a fazer, é colocar “meta descrição” em seus posts. Para fazer isso utilizando o Blogger, você deve apenas ativar descrições em posts lá no menu de configuração do seu site. No meu blog, WordPress, eu costumo construir minhas meta descrições com o Yoast SEO, e isso é maravilhoso pra mim.

O que você deve por em meta descrições? 

Meta descrição é aquela descriçãozinha que ao pesquisar algo no Google, aparece abaixo do link para os sites que são resultado da sua pesquisa. Normalmente você vê trechos de um texto que contém o que você pesquisou, ou até mesmo um resumo sobre o assunto. Na meta descrição você precisa colocar uma descrição curta, mas bem sucinta sobre o que é o seu post, assegurando-se de colocar sempre as palavras-chave do seu post nela. Palavras-chave são um termo muito frequente em SEO, eu diria.

3. NOMEIE SEUS DOCUMENTOS COM A PALAVRA-CHAVE A QUE ELA REMETE

Você é do tipo de pessoa que já salva a foto tipo “sanjkdn.png” – deviam sempre usar formato png aliás, mas o assunto do post não é esse – e coloca no post do mesmo jeitinho? Se sim, tá tudo errado. Faz isso não!

Como eu disse sobre as palavras-chave, tudo que você associa ao conteúdo do seu post está sujeito a sair nas pesquisas. Se você pesquisa um post seu e vai na aba de imagens, pode ser que ele saia lá. Mas se você pesquisar o assunto/nicho/tema do seu post… Ele vai estar lá? Porque devia.

Sempre que você for salvar qualquer tipo de documento que vai ser indexado a algo na internet e que você precise que as pessoas achem, o certo é que você também nomeie ele com o assunto do post. Bota lá o nome normalzinho “Como usar botas vermelhas”, salva e bota no seu post. Se puder, até mesmo coloque uma descrição. Isso vai contribuir e refletir muito a longo prazo em seu blog. Ah! É descrição, não legenda. A descrição não costuma aparecer em seu post. É aí que tá: Ele aparece nas pesquisas.

4. LINKS INTERNOS RELACIONADOS

Você tem costume de “interlinkar” seus posts? Pois devia. O ato de “interlinkar” é colocar outros posts seus como recomendados ou como links âncora dentro de posts do mesmo nicho. Tá, deixa eu exemplificar.

Se você faz um post sobre decoração em preto e branco e tem um post sobre looks em preto e branco, você pode aproveitar do relacionamento em comum entre os dois temas e por o link de um, em outro. É bastante comum vermos em blogs, no meio ou no final do post uma seção escrita “Posts semelhantes/relacionados”. Quando eu digo dentro, é dentro mesmo, na escrita, ok?

Sobre links âncora, são links que já fazem um SEO bem bonito em vez de simplesmente te levar ao outro site por um simples “clique aqui”. É muito mais agradável tanto para o leitor quanto para o SEO e o Google identificarem links com o texto relacionado ao assunto deles do que um “link”, “clique aqui”, “nesse post”.

Sempre que você puder, use a oportunidade para relacionar alguns posts seus. Isso além de uma boa prática SEO, é também uma maneira de manter seus leitores circulando em seu blog por mais tempo e consumindo seu conteúdo. E se você não faz isso ainda, não tenha preguiça. Volte em posts mais antigos e faça esse trabalho. A propósito, esse post está rico de interlinks meus.

5. O SEU TÍTULO DEVE CONTER AS PALAVRAS-CHAVE DO ASSUNTO

Eu sei que muita gente diz que posts como “Depois que essa mulher usou este produto misterioso, nunca mais teve cravos!” despertam a curiosidade e trazem muito mais cliques. Mas pense bem, você quer cliques ou leitores? Leia um pouco mais sobre como melhorar o seu engajamento e também diminuir a sua taxa de rejeição e você vai entender. Ninguém quer “cliques” no blog. Inclusive esse tipo de post hoje se encaixa em clickbaits, e as pessoas odeiam isso. Se clicam e saem na mesma hora, sinal de que o site não é interessante, e sim enganoso. Logo, você perde credibilidade, destaque. Tá querendo isso? Não? Então vamos lá.

O último item da lista é você entender que é sempre bom colocar sobre o que é o seu post no título. Palavras-chave são importantes porque ditam sobre o que é o assunto do blog, e ajudam a melhorar a sua visibilidade e o entendimento sobre o que é o post.

Voltando ao post de “Como usar botas vermelhas”, o termo “botas vermelhas” é a palavra-chave. É bom você usar esse nome tanto para as imagens do post, quanto definir como a palavra-chave em foco (caso use o Yoast SEO), quanto sempre citá-lo no título e na meta descrição. Isso tudo é porque quando uma pessoa quiser saber sobre esse mesmo assunto, obviamente ela vai pesquisar por?? Isso mesmo, botas vermelhas.

Então foque sempre em caprichar quando se trata da palavra-chave. Você pode fazer um título mais específico caso queira. “Botas vermelhas” por exemplo, é bem abrangente. Pode ser que apareçam na frente blogs com mais visibilidade e popularidade, já pioneiros nesse assunto. Se for do seu agrado, pode por exemplo criar um post com a palavra-chave de “botas vermelhas com mom jeans”. E isso não te exclui das pesquisas da primeira opção de palavra-chave, claro. Porque obviamente ela continua ali.

* * *

Eu espero que esse post tenha sido bastante útil para você. Eu compartilho esse conteúdo todo para ajudar você, de coração. São coisas que eu aprendi e que é bom compartilhar, externalizar. Porque eu guardaria? É muito importante que você pratique mais do ato de fazer SEO em seu blog. E também é importante dar uma pinadazinha básica no post, certo? Hehe Brincadeiras à parte, eu gosto de criar conteúdo assim. E gosto mais ainda quando me contam se gostaram, aprenderam ou se deu algum resultado.

Como eu disse em um dos itens anteriores, não tenha preguiça de fazer essas etapas. Primeiro porque é o seu blog que sai perdendo. Segundo que isso fará uma diferença enorme se você começar tanto a praticar nos novos posts quanto dar uma revisada nos antigos. Eu fiz isso, e hoje eu me sinto orgulhosa e mais tranquila. Isso até mesmo virou costume depois que aprendi a reformar alguns posts antigos meus sempre que possível. Não deixe de praticar e…

Me conta o que mais você gostaria de aprender!

9 comments

  • Girlady Bouvier

    abril 25, 2018 at 4:20 pm

    Esse post é de utilidade. Um dos primeiros plugins que instalei no wordpress foi o Yoast SEO – graças a milhares de recomendações. No começo eu ‘apanhava’ muito, parecia tanta coisa pra ajeitar, mas com o passar do tempo ficou muito natural pra mim. São umas coisas talvez não façam muita diferença pra gente que escreve, mas deixa o post mais fácil de ler e enriquece o conteúdo 🙂

    bjs
    Gih

    Reply

  • Meio Julia

    abril 25, 2018 at 4:57 pm

    Enriquece MUITO! Eu também apanhei demais no começo e lembro bem de desejar muito que tivesse quem pudesse me ensinar tudo. Assim que migrei pro wordpress também já instalei o Yoast, porque a ajuda dele é imensa.

    Reply

  • Nati

    maio 6, 2018 at 6:48 pm

    O teu blog ajuda muito sempre. Obrigada por criar posts tão incríveis e úteis. Beijos

    Reply

    • Meio Julia

      maio 6, 2018 at 11:54 pm

      Awn Nati, isso foi tão doce ♥ Comentários como o seu aumentam mais ainda minha vontade de fazer conteúdo qualificado pro blog. Obrigada pelo apoio e pela mensagem, linda!

      Reply

  • Lívia

    agosto 9, 2018 at 6:02 pm

    Eu sou do ramo de Literatura e resenhas de livros são sempre pouco engajadas. Queria dicas de como atrair leitores para as minhas resenhas, sem colocar apenas no título “resenha do livro X” . Tenho muita dificuldade em SEO e seu post me ajudou muito.

    Reply

  • Camila Marchetti

    outubro 11, 2018 at 3:35 am

    Olá! Cheguei aqui pelo Pinterest!
    Comecei meu blog de viagens recentemente e estou tentando aprender sobre as técnicas de SEO, esse post me ajudou muito!
    Obrigada por compartilhar conteúdo de qualidade! <3

    Reply

    • Meio Julia

      outubro 11, 2018 at 4:42 pm

      Ei Camila <3 bem vinda à blogosfera!
      Eu espero muito muito muito que isso tudo contribua pra melhorar ainda mais seu blog. Obrigada pelo carinho e volta, tá? ♥

      Reply

  • Sabrina Santiago

    outubro 13, 2018 at 12:55 am

    Julia, você arrasa nas dicas, mulher. Salvei no Pinterest pra ler sempre – adoro como seus artigos são leves e cheios de informação ♡

    Reply

    • Meio Julia

      outubro 13, 2018 at 8:12 pm

      NHAAAAAI ♥ Sabrina sua linda isso deu até um quentinho no meu coração! Obrigada meeesmo, adorei a descrição to me sentindo super a escritora <3 Espero que sempre meus posts te ajudem

      Reply

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *